Santinha eliminado da Copa do Brasil

O Santa Cruz mostrou personalidade e organização tática - principalmente no primeiro tempo - e chegou a jogar de igual para igual contra o Internacional, na noite desta quarta-feira (15). No entanto, desfalcado de seu artilheiro Dênis Marques, pecou nas finalizações e não conseguiu avançar à terceira fase da Copa do Brasil. Com gols marcados por D´Alessandro e Caio, na etapa final, o time gaúcho fez 2x0 em jogo disputado no Estádio Centenário, em Caxias do Sul, e ficou com a vaga.

Os jogadores corais, que recentemente conquistaram o tricampeonato pernambucano, terão agora alguns dias de folga até a semana que vem, quando começa a preparação visando à Série C, em junho.

O primeiro tempo do confronto foi marcado pelo equilíbrio. O jogo se concentrou muito no meio de campo, e aliado ao gramado pesado por causa das fortes chuvas, poucas oportunidades de gols foram criadas. O Internacional não conseguia chegar próximo à meta de Tiago Cardoso, e por isso, arriscava os arremates de fora da área. Aírton, nos minutos iniciais, desferiu dois chutes, mas errou o alvo. O Mais Querido, quando tocou a bola, chegou a assustar o Inter. Flávio Caça-rato, muito participativo, recebeu de Renatinho e serviu Raul, na área. No entanto, o meia coral chutou fraco para a defesa de Muriel, aos 13 minutos.

Dois minutos depois, foi a vez de Caça-rato acionar Renatinho na esquerda. O baixinho chutou com perigo e o arqueiro colorado fez boa intervenção. Os donos da casa continuavam encontrando dificuldades para chegar na área e voltavam a apostar nos chutes à distância. O lateral-esquerdo Fabrício mandou duas bombas que obrigaram Tiago Cardoso a impedir a abertura do placar. No entanto, o mesmo Fabrício foi expulso aos 40 minutos, após entrada em Flávio Caça-rato, e o Tricolor passou a ficar com um homem a mais em campo.

No segundo tempo, logo aos quatro minutos, Renatinho recebeu boa bola na área, mas no momento da conclusão, sentiu a coxa direita. O técnico Marcelo Martelotte, então, pôs Danilo Santos em campo. O Santa Cruz não conseguia fazer valer a superioridade numérica e via o Inter ter mais posse de bola. Aos 12 minutos, Aírton subiu bem pela esquerda e cruzou para a marca do pênalti. D´Alessandro, livre, pegou de primeira para vencer Tiago Cardoso e inaugurar o marcador.

Como precisava de um gol para conquistar a vaga, o técnico Marcelo Martelotte resolveu arriscar tudo no ataque. Sacou Luciano Sorriso para colocar o estreante André Dias, aos 24 minutos. Porém, instantes depois, Tiago Costa, que já tinha cartão amarelo, foi expulso. O Tricolor tentou reagir, mas não conseguiu chegar ao empate, e viu o Inter ampliar. Caio chutou da entrada da área, aos 36, e deu números finais à partida.

Internacional 2
Muriel; Gabriel, Rodrigo Moledo, Juan e Fabrício; Airton (Josimar), Fred, Willians e D'Alessandro; Diego Forlán (Kléber) e Rafael Moura (Caio). Técnico: Dunga

Santa Cruz 0
Tiago Cardoso; Nininho, William Alves, Renan Fonseca e Tiago Costa; Anderson Pedra, Luciano Sorriso (André Dias), Sandro Manoel, Raul e Renatinho (Danilo Santos); Flávio Caça-rato (Marquinho). Técnico: Marcelo Martelotte

Local: Estádio Centenário (Caxias do Sul/RS)
Árbitro: Antonio Denival de Morais (PR)
Assistentes: Bruno Boschilia e Diego Gubba Schitkovski (ambos do PR)
Gols: D´Alessandro (aos 12 do 2ºT) e Caio (aos 36 do 2ºT)
Cartões amarelos: Fabrício e Juan (Internacional); William Alves e Tiago Costa (Santa Cruz) - Cartões vermelhos: Fabrício (Internacional); Tiago Costa (Santa Cruz)
Renda: R$ 52.280,00 - Público: 3.885

Da Folha PE / Foto: Ilmar Gomes

0 Response to "Santinha eliminado da Copa do Brasil"

Postar um comentário

Comente esta matéria

powered by Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme